Flamengo perde para Corinthians e se despede com campanha histórica


A histórica trajetória do Flamengo no Campeonato Paulista sub-20 encerrou-se neste sábado. Precisando de uma vitória no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos, para garantir o passaporte inédito e sonhado à decisão do Estadual da categoria, o Corvo acabou superado pelo Corinthians, por 1 a 0. O gol que garantiu a classificação alvinegra foi marcado por Gabriel Vasconcelos, aos sete minutos do primeiro tempo. Foi o primeiro revés sofrido pelo clube de Guarulhos frente ao Timão em 2015. 

Os comandados de Marcelo Marelli se despedem do Estadual da categoria com uma belíssima campanha: após ser vice-líder da chave 3, denominada como “grupo da morte”, a equipe guarulhense passou por Sertãozinho e São Caetano no mata-mata. Ao todo, são 17 vitórias, seis empates e apenas cinco derrotas, totalizando 44 gols marcados e 17 tentos sofridos. 

O duelo no Vale do Paraíba também marcou a despedida de cinco pilares do elenco do Corvo das competições sub-20. Nascidos em 1995, o goleiro Matheus Santillo, o zagueiro Diogo, os volantes Léo Garcia e Murilo e o centroavante Fabrício Lima disputaram seu último torneio da categoria. Agora, o quinteto que se consagrou com o manto rubro-negro buscará a sequência da carreira no segmento profissional. 

Já os atletas que nasceram em 1996 ou antes terão curto período de férias, visto que podem disputar a Copa São Paulo de Futebol Junior. A Federação Paulista de Futebol ainda não definiu as sedes e os respectivos grupos da competição, que terá início no começo de janeiro. O Flamengo deve manter a base que fez sucesso no Paulista sub-20 para buscar mais uma trajetória inédita de glórias e superações. Alguns jogadores, inclusive, serão utilizados na Série A3 pelo técnico Edson Vieira. 

Por sua vez, o Corinthians terá pela frente o Santos, que superou o Red Bull Brasil, em Jarinu, pelo marcador de 1 a 0. O tento do Peixe foi marcado no final do segundo tempo, por Diogo. O Toro Loko tinha consigo a vantagem de atuar por dois resultados iguais. 

A partida – Precisando da vitória para disputar a sonhada final do Campeonato Paulista sub-20, o Flamengo sofreu o gol logo aos sete minutos de partida em São José dos Campos. Léo Jabá partiu em velocidade pela ponta esquerda e cruzou rasteiro. Gabriel Vasconcelos se antecipou à marcação e concluiu de primeira, no contrapé de Matheus Santillo, que nada pôde fazer. 

O segundo do clube alvinegro quase veio com 16 jogados. Após bate-rebate na área, a bola sobrou para Tocantins, que finalizou firme. Léo Garcia, corajoso, colocou a cabeça para interceptar o disparo do camisa 10 e viu o potente chute carimbar o travessão rubro-negro. 

Quando o relógio apontou a marca dos 20, Léo Garcia acionou Pablo na área e viu o camisa 2 não conseguir o domínio por causa de um acintoso puxão recebido na camisa. Contudo, o árbitro Thiago Luís Scarascati não concebeu o lance como pênalti. No minuto seguinte, Diogo, autor de seis gols no Estadual da categoria, arriscou de longe e exigiu boa intervenção de Caíque França, um dos destaques do compromisso de ida – que terminou empatado por 1 a 1. 

Aos 33 minutos, o Corvo ficou próximo do empate. Murilo recebeu no setor esquerdo e cruzou para o companheiro de longa data Fabrício Lima. Todavia, o camisa 9 e artilheiro flamenguista – ao lado de Thiaguinho, com oito redes balançadas – não conseguiu o cabeceio, por questão de milímetros. 

No intervalo, o técnico Marcelo Marelli trocou Thiaguinho por Estevão, e o camisa 17 mostrou a que veio logo no segundo minuto de trabalho. O piracicabano recebeu de Fabrício Lima na área e finalizou rasteiro, rente à trave direita de Caíque França. Garçom do lance anterior, o popular Mamão foi agraciado através de belo presente de Murilo com quatro jogados: um passe em liberdade pela intermediária. Entretanto, a zaga corintiana conseguiu se recompor e impedir a plena finalização do centroavante, que saiu desviada para escanteio. 

Com 20 jogados, o Flamengo teve um gol anulado de modo polêmico. Em escanteio cobrado do setor esquerdo, Arthur ganhou pelo alto e escorou de cabeça para Diogo, que só completou para o fundo das redes com o oportunismo característico. O lance, análogo ao tento marcado no compromisso de ida, foi invalidado pelo auxiliar Wellington Bragantim Caetano. 

Um dos destaques do Corvo no campeonato, Matheus Santillo praticou duas defesas providenciais, aos 24 e 25 minutos. Primeiro, o camisa 1 rubro-negro fez milagre ao evitar que uma finalização firme de Gustavo Viera entrasse. O volante paraguaio invadiu a área, cortou a marcação utilizando o jogo de corpo e chutou forte, rasteiro, para a intervenção do flamenguista. Depois, o Santo do Ninho saiu bem do gol para evitar a conclusão de Marciel, responsável por protagonizar boa tabela com Tocantins. 

Em busca do tento, Marelli teve como última cartada a troca do lateral direito Pablo pelo atacante Vitinho. Porém, o valente Rubro-Negro não conseguiu balançar a rede adversária. O último suspiro veio em chute longo de Diogo, aos 37 minutos, que passou à direita de Caíque França. 

Ao apito final, a frustração pelo resultado negativo em São José dos Campos foi logo apagada pelo sentimento de dever cumprido. Afinal, nunca o Corvo havia voado para um local tão distante e glorioso. A torcida, que se aventurou no Vale do Paraíba, soube reconhecer o esforço de cada guerreiro vestido de rubro-negro e protagonizou uma bela festa, agradecendo a cada atleta pelo sangue deixado dentro das quatro linhas. A trajetória flamenguista se encerrou no Campeonato Paulista sub-20, mas o legado construído por esse elenco vitorioso permanecerá eternizado no coração de cada fã que carrega as oito listras no peito. 

FICHA TÉCNICA 
CORINTHIANS 1 x 0 FLAMENGO 

Data e horário: sábado, 14 de novembro de 2015, às 15 horas. 
Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. 
Arbitragem: Thiago Luís Scarascati, auxiliado por Wellington Bragantim Caetano e Luiz Fernando de Moraes. 
Cartões amarelos: Gabriel Vasconcelos, Léo Jabá e Gustavo Viera (Corinthians); Carlo, Diogo e Fabrício Lima (Flamengo). 
Gol: Gabriel Vasconcelos, aos 7’ do 1T. 
Corinthians: Caíque França; Léo Príncipe, Rafael Castro, Pedro Henrique e Maycon; PC, Gustavo Viera e Marciel; Tocantins (Warian), Léo Jabá (Carlinhos) e Gabriel Vasconcelos (Isaac Prado). Técnico: Osmar Loss. 
Flamengo: Matheus Santillo; Pablo (Vitinho), Arthur, Luís Felipe e Carlo; Diogo, Léo Garcia e Murilo (Léo Rincon); Luiz Fernando, Thiaguinho (Estevão) e Fabrício Lima. Técnico: Marcelo Marelli. 

Marcos Vieira Ribeiro – Assessor de imprensa da AA Flamengo. 
Foto: Marcos V. Ribeiro/AA Flamengo.